04/01/2017

Resenha: Escândalo de Cetim - Loretta Chase

Título: Escândalo de Cetim
As Modistas, volume 2
Autor: Loretta Chase
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
Páginas: 272
Compre: Amazon - Saraiva - Submarino
Sinopse: Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.
Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro.
Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado.



Meu Deus, quase morri esperando esse livro chegar! Depois de ter sido arrebatada pelo primeiro volume da série fiquei louca para ler logo todos os outros. E ainda que eu considere Sedução da Seda melhor, Escândalo de Cetim não fica tão atrás assim. 

A sinopse é bem explicativa e acho que qualquer coisa a mais que eu fale pode se tornar um spoiler. Mas sim, o livro se trata da irmã do meio das Noirot, Sophia, aquela que é responsável pelo marketing da loja. Enquanto Marcelline é responsável pela criação dos elaborados vestidos e Leonie a responsável pelas finanças, Sophia é aquela que escreve para o jornal com um texto rico em adjetivos e detalhes dos vestidos da loja, ela é a cabecinha por trás dos planos maquiavélicos para conseguir as clientes. 
Neste volume, mais uma vez temos a participação de Lady Clara, que agora se mete em uma tremenda encrenca ao ser seduzida por um lorde qualquer. Com a importante ajuda do conde de Longmore, irmão mais velho de Lady Clara, Sophia trassará um plano para livrar sua melhor cliente desse infortúnio e é claro que toda a evolução da história será permeada de planos impossíveis e de muito fogo e amor. 

Sophia Noirot é uma personagem extremamente interessante, assim como todos dessa família o são. Ela é uma mente a ser estudada e não só pelos seus mirabolantes planos. Sophia é uma atriz nata, capaz de passar despercebida ou ser o centro das atenções nos mais diversos papeis. É de uma inteligencia e visão sem medidas, além de é claro, carregar uma beleza sem igual. Já tínhamos sidos apresentados a este ser no primeiro volume, mas como esse livro é dedicado a ela, nos aprofundamos muito mais em sua mente e seu coração. 


O conde de Longmore, também personagem do primeiro volume, se mostra tão interessante quanto seu amigo duque de Clevedon, porém, o duque me foi um personagem muito apaixonante. Não que Longmore seja um personagem ruim, longe disso, mas me pareceu simples demais e ainda mais previsível. E obviamente sua beleza e masculinidade são feitos para arrancar suspiros. 
Os outros personagens são aqueles que já conhecemos com o acréscimo apenas do lorde conquistador de Lady Clara, e de um moleque de rua que participa de algumas cenas importantes do casal.

O livro fica muito centrado no casal Sophia e Longmore de modo que senti um pouco de falta da presença dos outros personagens. Mas de certa forma a ausência deles é aceitável, já que metade do livro se passa na estrada. 
O romance é fofo e previsível, mas os personagens com toda sua personalidade forte e características marcantes o tornam delicioso de se ler. Temos algumas cenas de sexo mas que são muitíssimo bem escritas, a autora não precisa apelar para a vulgaridade em momento algum.

A escrita de Loretta Chase continua sendo excelente. O livro pode ser lido rapidamente e é certo que o leitor vá gostar. As descrições de vestidos continuam detalhadas e elaboradas, de forma que eu continuo sem entender nada, rs. 
Não recomendo que o livro seja lido fora de ordem por conter alguns spoilers óbvios do primeiro livro, mas nada que vá atrapalhar a leitura. Mas ao seguir uma linha de tempo para contar os romances das irmãs, é interessante que a ordem de leitura seja seguida.
A edição da Editora Arqueiro é simples e muito bem feita. Sou apaixonada pelas capas, que apesar de seguirem o padrão dos romances de época, são muito bonitas. 

Se você é fã de um bom livro do gênero, recomendo Escândalo de Cetim e toda a série! 


Um comentário:

  1. Oi, Nathalia. Esse livro está na minha wishlist desde que foi lançado. Também fiquei apaixonada pelo primeiro da série e quero muito conferir esse segundo casal. Espero gostar também!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)