14/11/2016

Resenha: Os Feiticeiros da Luz - Greice Martinelli

Título: Os Feiticeiros da Luz
Autor: Greice Martinelli
Editora: Quatrilho Editorial
Ano: 2016
Páginas: 420
Compre: aqui
Sinopse: O ano é 2010. Ninguém sabe como a guerra entre as linhagens bruxas começou, embora a dor causada por ela pareça não ter fim. Quando uma descoberta arqueológica nas planícies de Wiltshire traz antigos segredos à tona, tudo em que acreditavam estará prestes a mudar. O destino leva o Dr. Philip Blair, um jovem e promissor arqueólogo irlandês a Hallowood, uma tranquila cidade universitária do sudoeste da Inglaterra, onde a realidade e a fantasia começam a se mesclar. A garota que habita seus sonhos, literalmente, desde que é incapaz de lembrar, é real. Mas com o despertar de um antigo e poderoso inimigo, eles também descobrirão, muito em breve, que nem sempre almas gêmeas estão destinadas a ficarem juntas e que o futuro da humanidade pode estar em suas mãos e nas daqueles contra quem sempre lutaram.



Os Feiticeiros da Luz é uma fantasia instigante e que mostra que nem sempre precisamos de mundos mirabolantes e seres inventados pra uma história do gênero ser boa. 

A história se passa na Inglaterra, na cidade fictícia de Hallowood e se concentra no drama que é a guerra entre as famílias bruxas, guerra esta que perdura a séculos e mais séculos. Ninguém mais sabe exatamente como essa rivalidade começou, o que as famílias sabem são apenas lendas, mas é certo que elas se odeiam e querem se destruir. 

Os personagens principais da trama são Alexis Lancaster e o Dr. Philip Blair, ambos descendentes de tradicionais famílias bruxas. Ainda temos Raven, também de linhagem tradicional e que tenta a todo custo acabar com Alexis e seu irmão gêmeo, Tristan. 
Batalhas são travadas na pequena cidade sem que os humanos comuns saibam o verdadeiro motivo do caos, afinal, uma nova caça as bruxas é um medo real. 

A guerra entre as famílias é só um pano de fundo pra uma briga ainda maior, uma briga com seres de outro mundo e perigosíssimos que só podem ser derrotados pelos Guardiões da Luz. E pra essa batalha ser travada e o lado do bem vencer, maldições terão que ser quebradas, inimigos se juntarão e amores serão postos em risco. 

Os Feiticeiros da Luz é um livro que me conquistou logo de cara, não só por ser de um gênero que adoro e por trazer bruxas que eu também adoro, mas pelo excelente trabalho da autora com a história. Todo o arco de bruxas é baseado tanto nos mitos celtas quanto em fatos históricos, como a Inquisição e a Guerra das Rosas. Passamos pelo Stonehenge, aprendemos sobre celebrações que acontecem lá, nas crenças que esse povo ainda tem e aprendemos um pouco sobre os festivais pagãos, como o Samhain e Beltane. Não é um livro pra te ensinar história, é claro, mas a autora trabalhou muito bem as informações a seu favor, de modo que ficaram perfeitas no livro. 

Os personagens são bem construídos e suas atitudes são compreensíveis ao longo da história, seja pelos momentos em que se encontram ou por suas criações e personalidades. Há um foco bem grande em Alexis e Philip, que protagonizam o romance da história, mas também vemos bastante Tristan, Raven e Cory, o irmão mais velho de Philip. 

O romance foi bem elaborado e encaixado na história, tendo relação com a história das famílias e o destino de todos. 
As cenas de ação são bem montadas e interessantes, com batalhas envolvendo muita magia. Os poderes dos personagens são incríveis! 
A escrita da Greice é fluída e envolvente, as 420 páginas passam rapidamente e você nem se importa com a grossura do livro.

Só tenho duas ressalvas e que me fizeram tirar uma estrelinha na avaliação. Uma é que o livro pode ser um pouco confuso pra um iniciante no gênero ou alguém que não tenha tanta facilidade com descrições e mais detalhes. Como eu disse, há uma boa parte histórica no livro e isso reflete em descrições de lugares, como o já citado Stonehenge, algumas passagens mais detalhadas e etc. A outra é que se a história fosse dividida em dois volumes eu acho que o aproveitamento seria melhor. A história é muito bem feita e eu gostaria de um maior aprofundamento em algumas partes que senti que foram muito rápidas. No mais, é uma ótima história! 

A edição está linda! A capa tem tudo a ver com a história e o livro traz varias notinhas de rodapé explicando alguns acontecimentos ou ensinando como se pronuncia determinado nome (adorei isso). 

É um livro que adorei ler e indico imensamente para todos! 


10 comentários:

  1. Oi Nathalia, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e adorei saber que traz uma história fantástica ambientada no mundo real e cheia de tramas que ocultam uma ameaça bem maior. Adoro leituras que tem descrições detalhadas, no meu caso não é um empecilho.
    Já li um livro do selo Quatrilho e gostei bastante, fico satisfeita em ver autores nacionais escrevendo fantasia e ainda mais por ver as editoras abrindo as portas para esses autores.
    Me interessei bastante pelo livro, espero ter a oportunidade de lê-lo em breve e assim como você gostar da leitura. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bem, eu nunca havia visto falar neste livro, mas adoro uma trama de bruxas. Acredito que seu eu tiver a oportunidade de lê-lo, os pontos citados por ti me serão de muita ajuda, principalmente as ressalvas, se bem que não me considero muito iniciante no assunto, mas realmente livros com lugares detalhados demais fica um pouco chato... Ainda assim, quero ler!

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi. Eu não conhecia a editora, ao menos não recordo. O livro parece um juvenil bem interessante, apesar da temática batida, gostei de alguns pontos que você levantou na resenha, a guerra entre famílias, maldições quebradas, etc.
    “Uma é que o livro pode ser um pouco confuso pra um iniciante no gênero ou alguém que não tenha tanta facilidade com descrições e mais detalhes.” Acho esse comentário um pouco complicado.

    ResponderExcluir
  4. Olá, gostei da sua resenha. Me convenceu a ler o livro kkk assim que comprar e ler volto aqui pra trocarmos idéias kk
    Um beijo <3

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Como fã de literatura fantástica, ainda mais com bruxas, a história me chamou bastante atenção.
    O fato de ser baseado na mitologia celta foi mais um ponto positivo. Tudo isso somado à premissa, que é interessante, me despertou o desejo de conhecer a história.
    Acredito que seja uma história que tem tudo para me agradar.
    Gostei muito da resenha e dos pontos que você ressaltou.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  6. Oiii!!

    Talvez eu seria uma das pessoas que ficaria um pouco confusa com as descrições do livro, mas fiquei feliz que você tenha gostado da obra.
    Acho que o mais difícil para mim em relação as fantasias é o romance. Muitas vezes não são bem construídos, gostei re saber que nesse aconteceu naturalmente.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Oi Nathalia tudo bem?
    Então, nunca tinha ouvido falar no livro, acho que nem na editora, mas confesso que apesar do gênero não me apetecer mais (enjoei real rsrs) achei essa capa com o Stonehenge uma graça. Achei bacana que o livro foi resultado de bastante pesquisa por parte da autora porque livro de fantasia tem que ter muita pesquisa para fazer o leitor suspender a descrença né? Curto muito notas de rodapé tbm hahaha talvez num futuro quando eu sentir falta de um livro de fantasia, se o encontrar por aí, leia.
    bjs
    Dana- feed your head

    ResponderExcluir
  8. Olá! Me pareceu mesmo uma ótima história, com detalhes históricos e outros que me fizeram ficar curiosa por ele, apesar de não ser uma grande apreciadora de fantasia. Adoro livros com personagens bem construídos, me fazem realmente "entrar na história". Se tem romance no meio e ele é bem elaborado, o livro ganhou pontos comigo. Essas guerras entre os personagens e entre os mundos devem encher o livro de aventuras. Só não gostei muito do que você diz na ressalva, pois também não me agradam livros extremamente descritivos, a não ser em raríssimas exceções e esse pode ser uma delas. Vou procurar para leitura.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiee Nathalia ^^
    Eu ainda não conhecia este livro, mas não me senti atraída pela história. Não gosto muito de livros de fantasia, apesar de abrir exceção para alguns de vez em quando. Acontece que eu não gosto de bruxos, então eu não fiquei curiosa para conhecer. Mas fico feliz em saber que você gostou, apesar da falta de aprofundamento em alguns pontos. Parece ser uma ótima dica para quem curte histórias com bruxas.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi Nath!
    Esse livro está na minha wishlist pra 2017!
    A sua resenha está incrível, parabéns.

    Beijinhos
    Blog Dentro das Páginas

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)