10/02/2017

Resenha: Filhos da Lua - Marcella Rossetti

Título: Filhos da Lua: O Legado
Autor(a): Marcella Rossetti
Gênero: Aventura, fantasia, jovem adulto, romance
Editora: AVEC
Ano: 2016
Páginas: 488
Compre: Amazon - Livraria da Folha - Saraiva
Sinopse: Você consegue imaginar que a vida que te ensinaram a viver pode não ser aquela para a qual nasceu? Que tudo o que acredita pode não ser inteiramente verdade? E que existem criaturas conhecidas como trocadores de pele vivendo entre nós? 

Em Filhos da Lua: o Legado, você descobre um novo universo de fantasia urbana, tendo como cenário o nosso país. A autora apresenta uma aventura cheia de mistérios cuja personagem principal é Bianca, uma adolescente que não imagina que sua chegada na cidade desencadearia uma série de acontecimentos capazes de transformar completamente a sua vida e revelar os segredos de um perigoso mundo.




Filhos da Lua é um incrível livro nacional que traz aqueles seres sobrenaturais que todos gostam: lobisomens. 
O livro conta a história de Bianca, uma adolescente que sofre com sonambulismo e sérios pesadelos de um monstro matando sua família e a atacando. Bianca e sua irmã de criação, Laura, vivem se mudando e com isso a jovem nunca tem um lugar para chamar de lar ou pessoas para chamar de amigos. Bianca não se lembra de sua infância e não sabe ao certo o motivo de tudo isso, mas sabe que sua irmã faz o melhor para criá-la e por isso não reclama. Agora elas estão na cidade de Santos, onde Bianca logo faz amizade com Nicole e Renan. Mas logo de cara, Bianca já passa vergonha na nova escola ao desmaiar no meio de um corredor lotado ao observar o trio de amigos Lucas, Rafaela e Vitor, sendo que Lucas é o menino mais bonito que ela já viu. Depois desse momento, uma série de coisas estranhas começam a acontecer com Bianca e ao redor dela, revelando um novo mundo e seres que ela nem imaginava existir: os Karibakis. 

A história criada por Marcella Rossetti é simplesmente incrível e conquista o leitor. Ela cria toda uma mitologia para os Karibakis (eles se ofendem ao serem chamados de lobisomens, fica a dica), contando a história de como eles surgiram, quais são seus poderes, suas linhagens, como funciona sua sociedade, etc. Eu sempre AMO conhecer novos mundos e novos seres, principalmente quando o autor se dedica tanto em apresenta-los ao leitor, como foi o caso aqui. O mundo Karibaki é tão legal e excitante que já quero logo descobrir que sou uma trocadora de peles e fazer parte de tudo isso. 

A escrita da autora é ótima, detalhada da maneira certa para te fazer imaginar tudo e te prender na história. Por ser um livro introdutório, inúmeras perguntas ficam sem resposta, o que não atrapalha em nada. Logo no primeiro livro já temos muitas descobertas excitantes para animar o leitor. 



O livro é um pouco confuso no começo e confesso que só fui realmente me sentir ligada lá pelo meio da história. Um pouco disso se deve a personagem Bianca, que não se mostrava uma protagonista tão interessante assim, mas que teve um crescimento incrível durante a narrativa e consegue mostrar ao que veio. Então, se você achar o começo um pouquinho mais arrastado, não desista! O que vem depois é surpreendente e muito animador. 

Como toda boa fantasia urbana, o romance não poderia ser deixado de lado e essa foi uma das partes que mais me animou (olha o milagre gente!). Há um triângulo amoroso bem de leve, não sei nem se considero mesmo como um triângulo, mas enfim, o romance fica por conta de Bianca e Julian e eu sou totalmente #TeamJulian. Os dois protagonizam momentos muito fofos (e uma das cenas mais lindas que já vi em fantasias) e no final o leitor tem uma surpresa magnífica sobre esses dois!

As cenas de lutas e ação foram perfeitamente descritas pela autora. Todo o processo de troca de pele e o modo de lutar dos Karibaki é muito interessante. Os vilões não se destacam tanto nesse primeiro livro, principalmente por não sabermos ainda quem são exatamente e o que planejam, mas rendem bons momentos de luta. 

A história ainda traz bons momentos de amizade e personagens secundários extramente interessantes. 
Ah, não posso deixar de comentar sobre O Refúgio ("casa" dos Karibakis), que é um lugar muito bonito e vocês podem observar na imagem aqui da resenha.
Chegando ao final do livro me vi enlouquecida pelo próximo volume, não vejo a hora de poder continuar lendo essa história. Filhos da Lua foi um livro que começou um pouco morno mas que me conquistou totalmente e fiquei super apaixonada! 

Se quiserem saber mais sobre o livro visitem o site oficial aqui. No site tem um conto da saga que deve ser lido antes do segundo volume. Super, mega, hiper recomendo Filhos da Lua para todos! 


16 comentários:

  1. Olá Nathalia!!
    Apesar de ter lido poucos livros assim, gosto bem pouco com histórias envolvendo lobisomens acho que não faz muito meu tipo e não me encontro muito,mais eu adorei a forma de como a autora foi bem criativa ao contar tudo sobre lobisomens acho um ponto super importante.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nath!

    Tenho esse livro em e-book mas ainda não o li. Gostei de saber que vc gostou mesmo da leitura, sinal de que o livro é bom, pq vc é mais cricri do que eu! kkkkkk

    Valeu pela dica! Vou tentar lê-lo esse ano ainda! hahahaha!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já reparou que rola umas ofensas contra minha pessoa nos seus comentários? ¬¬ kkkk

      Excluir
  3. Nath, ainda não tinha conhecimento desse livro, já que não sou tão fascinada por esses livros, mas você escreveu sua resenha com tanto amor e animação que posso dizer que fiquei bem curiosa para conhecer um pouco mais sobre essa história. E como possuo uma mente muito fértil, sempre colocando chifre em cabeça de cavalo kk, acho que a Bianca é uma Karibaki (ou não) e esses "pesadelos" dela são apenas visões/premonições de um futuro próximo.
    Com certeza está na minha listinha de leitura <3

    ResponderExcluir
  4. Esse livro já está na minha lista de desejados faz tempo, quando vi outra resenha sobre ele. Mas com a falta de tempo não tive nenhuma oportunidade de lê-lo. Agora que li sua resenha, minha vontade de ler voltou com tudo e quero muito conhecer os Karibakis.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  5. Nath!
    Bom ver que ainda tem criatividade para se escrever uma nova e inusitada história sobre os lobisomens sem cair na mesmice dos anteriores e ainda é uma autora nacional o que dá mais brilho ao livro.
    Ganei um sorteio que tinha de escolher 2 livros e entre eles tinha esse, mas como não tinha lido nenhuma resenha sobre ele, acabei optando por outro e já me arrependi...:(
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de ler esse livro, adoro seres sobrenaturais, ainda bem que a protagonista melhora, pois haja paciencia com personagens chatinhas, odeio triângulos amorosos já me desanimei quando li isso, me deixa com muita raiva, não sei porque os autores adoram kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Olá confesso que não conhecia este livro e fiquei bem curiosa pra ler ja faz um tempinho que não leio um livro de lobisomem(sem ofensa)e se tem casal fofo então preciso ler com certeza.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Qual a cena mais linda que já leu em fantasia??? Eu não tenho uma favorita e amo o gênero kkk
    Só pela sinopse já amei, saber que o casal principal é fofíssimo só me animou mais

    ResponderExcluir
  9. Oi, Nath!
    Não conhecia esse livro mais como adoro livros de fantasia sem dúvida já fiquei muito interessada! A premissa do livro é bem legal e gosto de livros que envolvem lobisomem!! Valeu pela indicação!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nath!
    Menina, VALEU DEMAIS POR ESSA RESENHA! Tenho o livro já há um bom tempo no meu Kindle, desde quando era a versão independente, e ainda não tinha criado vontade total para ler, mas sua resenha me deixou muito empolgada por dar uma chance à série! Nem sou muito chegada em sobrenatural, mas tendo fantasia e sendo tão bem construído como você falou - à propósito, que site incrível é esse? Aumentou mais ainda minha ansiedade na leitura! -, certamente deve ser uma leitura incrível mesmo! Ainda que a Bianca não seja tão empolgante no início, mas valeu a dica sobre persistir porque da metade para o final melhora, rs. Enfim, parabéns pela resenha incrível! <3
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu adorei esse livro!!! Axo q é a segunda resenha q leio dle...Qro mto ler!!
    As ilustrações tbm estão lindas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Achei a capa bem fofa, mas não curto muito livros com lobisomens. Ainda mais sabendo que a leitura pode ser meio cansativa no começo. tô fugindo de livros assim. Sofri horrores ano passado com leituras maçantes que quando pego um livro que não consigo engrenar na leitura, abandono sem medo.
    Mas é bacana saber que a protagonista tem um crescimento visível no decorrer da narrativa.

    ResponderExcluir
  13. Oi Nathy, eu fico super feliz cada vez que me deparo com uma obra nacional de pura qualidade como essa. Eu estou de olho nesse livro desde a primeira resenha que eu li sobre ele. Espero que eu persista na leitura para que eu passe por esse começo meio maçante, só assim pra desfrutar dessa história que pelo visto, tem tudo pra impressionar.
    p.s lobisomens <3
    Beijokas
    [SORTEIO] Aniversário de 1 Ano: Livro - Perdida
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  14. Oi Nathy.
    É realmente incrível quando um livro que tem um começo um pouco cansativo nos cativa, não é mesmo?
    Eu conheci "Filhos da Lua" ainda no seu lançamento, mas não consegui lê-lo ainda. Apesar de gostar de fantasias e ter boas expectativas quanto a essa obra, estou esperando um momento melhor para realizar a leitura do mesmo.

    Uma Mãe Leitora

    ResponderExcluir
  15. Oii
    Apesar de não ser exatamente o tipo de livro que eu costumo ler, achei bem interessante e fiquei curiosa em ler uma "versão de Crepúsculo" (romance+lobisomens) que se passa no Brasil aahha
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)