14/10/2016

Resenha: Colega de Quarto - Victor Bonini

Título: Colega de Quarto
Autor: Vistor Bonini
Editora: Faro Editorial 
Ano: 2015
Páginas: 280
Compre: aqui
Sinopse: Eric Schatz, carioca que se mudou para São Paulo por conta do curso universitário, começa a perceber indícios de que há mais alguém frequentando o seu apartamento.
Primeiro, um par de chinelos.
Então, uma outra escova de dentes. Um micro-ondas que é ligado sozinho durante a noite, barulhos estranhos a qualquer hora e luzes que se apagam de modo misterioso.
Até que, em determinada noite, Eric enxerga o vulto do colega de quarto entrar em seu apartamento pela porta da frente.
Desesperado, o rapaz vai atrás de um detetive particular, mas parece ser tarde demais. Em menos de 24 horas, tudo acontece de modo acelerado e depois de uma ligação desesperada, cortada abruptamente, Eric despenca da janela do seu apartamento.
Em seu livro de estreia, o autor nos apresenta uma história urbana de tirar o fôlego. Um mistério que passa por uma relação familiar complicada, suspeitas por todos os lados, e camadas e camadas de culpados. Há alguém inocente?

Colega de Quarto nos traz a história de Eric Shatz, um jovem que esta atormentado pela possibilidade de ter uma pessoa morando em seu apartamento.
Tudo começa com um par chinelos e uma escova de dentes que não são seus, barulhos no meio da noite, eletrodomésticos ligando sozinhos. tudo indica que há mais alguém no imóvel e isto está deixando Eric louco. Numa noite em que não aguenta mais tudo isso, Eric vai atrás de Conrado Bardelli, um advogado e detetive particular que não lhe dá tanta importância assim. No dia seguinte Eric aparece morto.
Será suicídio mesmo? Um crime aconteceu no locar? Existe mesmo o colega de quarto ou era tudo imaginação? Conrado investigará a história a fundo para descobrir a verdade.

Colega de Quarto é um maravilhoso suspense que prende o leitor e atiça seus instintos na busca pela solução do problema. Dividido em três partes - Loucura, Turvo e Lucidez -, o livro tem uma linha de raciocínio a ser seguida, começando pela apresentação do caso, o andamento da investigação e finalmente a solução de tudo. O autor nos dá as informações no tempo certo, sem atropelar as coisas mas também sem nos entregar tudo de mão beijada. 

A premissa é interessante e deixa um toque de sobrenatural, afinal, será que o tal colega de quarto é real?
Os personagens são belissimamente construídos e cheios de características marcantes, se destacando ao longo da narrativa. O detetive Conrado, ou Lyra como também é chamado, foi um doas personagens mais legais que tive o prazer de ler durante esse ano. Dono de uma tremenda inteligencia e astúcia, necessários ao seu serviço, o homem ainda é simples e divertido, dando toques irônicos ao longo da história e deixando a investigação muito mais interessante de ser lida. 
"E viu-se entristecido pela morte de um jovem que vivera de forma tão superficial, regada a dinheiro e produtos de marca, mas carente de emoções de verdade. Era como se não tivesse, de fato, vivido."

A escrita do autor é envolvente e rápida, composta por frases curtas que deixam o livro mais dinâmico. Os detalhes e descrições são fornecidos na quantidade necessária e as cenas são bem descritas. A história toda passou perfeitamente como um filme na minha cabeça.

Minha única crítica, que é o motivo das 4 estrelas e não 5, é quanto ao final que me surpreendeu, porém não convenceu. O autor conseguiu me fazer desconfiar até de minha propria sombra, menos do verdadeiro culpado, o que é um grande mérito, mas a motivação dada para tudo não me satisfez, mesmo sendo possível na vida real porque o ser humano é mesmo f*oda (lendo vocês entendem o que eu quero dizer), não foi o suficiente pra me fazer gostar da solução do problema, eu esperava mais ou pelo menos, alguma coisa diferente. Mas claro que isso não tira o mérito de toda a história, de jeito nenhum! Aliás, fiquei extremamente feliz ao chegar ao desfecho e ver que o autor conseguiu juntar todas as pontas, não deixando nada sem resolver para trás. 

A edição da Faro Editorial está perfeita como sempre, sem erros e com qualidade. 
Colega de Quarto é um suspense que me conquistou de uma maneira incrível e recomendo não somente aos fãs do gênero, mas também a quem vai começar a se aventurar por esse mundo. É um livro excelente que merece ser lido e apreciado!


12 comentários:

  1. Oi Nath!

    Me desculpa!!!! Eu esqueci! kkkkk Mas olha, se é a mesma resenha, vc não tinha com o que se preocupar, está perfeita!
    Uma pena vc não ter gostado do final... eu gostei e não me surpreendi, afinal, somos seres humanos neh?

    Parabéns pela resenha!
    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Li a sinopse desse livro há um tempão e fiquei super curiosa, mas acabei esquecendo dele e aqui está novamente. E eu novamente curiosa hahaha. Parece uma ótima história, adoro esse gênero e gostaria de ver mais produções nacionais do tipo. Mesmo que a motivação não tenha sido boa, acredito que, no meio de tantos acertos, dê para relevar. Obrigada pela dica, beijos!!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, esse é um livro que quero ler há um tempão, pois a cada resenha que leio (gostei muito da sua) fico ainda mais curiosa para descobrir a resolução desse mistério e se há mesmo ou não um colega de quarto.

    ResponderExcluir
  4. Oi Nathalia!
    Já tinha visto essa capa por aí, mas nem sabia ao certo do que se tratava. Mas agora, já quero. Amo livros assim... quando comecei a ler pensei que ia ser mais puxado pro thriller psicológico (chegou a me lembrar de No Escuro), mas não... é mais investigativo e com suspense. Amo, acho que já disse isso! hahaha Adorei o fato do autor ter acertado em mão cheia nas descrições, cenas e diálogos... tem autor que se perde no meio o que torna a leitura cansativa. Pena que o final não te convenceu, mas devo admitir que nem li o livro, contudo já estou curiosa pra saber o desfecho! rs
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie

    Quero muito ler esse livro, eu nunca tinha lido nenhuma resenha antes. E sempre associo a um filme com o mesmo nome, mesmo não tendo nada haver.
    Gosto muito do gênero, e mesmo o final não tendo convencido muito vou ler. Gostei da premissa e fiquei curiosa.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oii..
    adorei sua resenha e gostei muito da ideia do livro, pois ele une duas coisas que me interessam: suspense e mistério. Só fiquei em dúvida quanto ao final do livro, pois pelo que você escreveu eu já estou tentando adivinhar o que aconteceu e se for isso mesmo, ficarei decepcionada.. vou ter que ler para comprovar se é isso mesmo !
    livroslapiseafins.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    A premissa do livro é bem interessante e estou começando agora a gostar de suspense, então adorei a dica.
    Fiquei bem curiosa para saber o que realmente está acontecendo no quarto de Eric e porque. Gostei de saber que a escrita do autor é envolvente e quero muito conferir o final dessa trama para ver se me surpreende ou não.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Nathalia!
    Gosto muito de livros de suspense, mas já tem algum tempo que não leio. Apesar de já ter ouvido falar desse livro, não sabia muita coisa a respeito e é bom saber que a escrita do autor é fluida e que o suspense consegue manter-se até o final. No momento, estou escolhendo leituras mais leves, mas espero ler esse livro em algum momento,
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Nath!

    Eu aqui, já pensando que podia ser uma entidade, um fantasma, agora desanimei um pouco, pois pelo visto, será mesmo uma pessoa, nossa, adoro histórias de fantasmas, e lendo o seu resumo, mas estava achando que fosse, mas ainda sim, estou curiosa para ler, pois gosto do mistério também! Quanto ao desfecho, uma pena não ter convencido, isso é bem chato quando acontece.

    http://www.daimaginacaoaescrita.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Nathalia! Conheci o autor de "Colega de quarto" num evento, mas nunca havia lido sobre o livro. Parece mesmo muito bom! Os mistérios, as dúvidas, o estilo da escrita... Leio poucos suspenses, mas todos que leio acabam me encantando. Acho que este seria um deles!
    Parabéns pela resenha!

    Bjs
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nathalia, não sou o tipo de leitora que lê suspense e confesso que fiquei boquiaberta com o Eric morrer tão assim de início...
    Fiquei curiosa para saber se o tal colega tinha algo de sobrenatural.
    Não é meu estilo, mas fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  12. Oi Nath, sua linda, tudo bem?
    OMG!!! Já pensou estar no lugar dele? Se você apontou para o sobrenatural, pode ser um espírito. Se foi uma pista falsa, tem realmente alguém ali dividindo o quarto. O problema é: por quê? Seja qual for a opção, dá medo, risos.... Que pena por esse final, tudo indicava que o livro seria excelente. Mas no todo parece ser uma boa leitura. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)