16/07/2015

Resenha: A noite dos mortos vivos e A volta dos mortos vivos - John Russo

Título: A noite dos mortos vivos e A volta dos mortos vivos
Autor: John Russo
Editora: Darkside
Ano: 2014
Páginas: 320
Sinopse: A história que deu início ao apocalipse zumbi, pela primeira vez no Brasil. Do roteirista de George Romero. Dois livros em um: inclui A Volta dos Mortos-Vivos. — “Seu livro… me guiou através do meu primeiro filme.” Quentin Tarantino

A noite dos mortos vivos é um clássico dos cinemas e um dos grandes precursores dos zumbis e isso é um fato. Ter essa grande obra adaptada pra um livro é uma felicidade, ainda mais pelo belíssimo trabalho da editora. Confesso que nunca vi o filme mas é impossível não saber sobre ele e agora que li este livro vou correndo procurar pra assistir!

O romance adaptado por John Russo é de uma grandiosidade sem tamanho, mexendo com seu imaginário e te deixando aflito e sem fôlego. Um terror simples e bem escrito onde você consegue perfeitamente imaginar todas as cenas e se vê fugindo dos zumbis juntos com os personagens.



Pense em todas as pessoas que já viveram e morreram e que nunca mais verão as árvores, a grama ou o sol. Tudo parece tão breve, tão... inútil, não é? Viver um pouquinho e depois morrer? Tudo parece resultar em nada. Ainda assim, de certa forma, é fácil invejar os mortos. Eles estão além da vida, além da morte.

Os zumbis são os mais clássicos e aterrorizantes possíveis, a aparência horrorosa de quem está caindo aos pedaços, literalmente, e o insaciável desejo por carne humana. Lentos e nada inteligentes mas fortes quando em bando, os zumbis dão medo em qualquer um.
O medo é outra coisa muito bem trabalhada nesse livro. Vemos os mais variados tipos de medo aflorando nos personagens e podemos observar como cada um lido com isso. É bem interessante.

A volta dos mortos-vivos acontece dez anos depois da primeira história mas situa-se no mesmo local. A dinâmica da história continua a mesma e pra mim o que diferencia uma história da outra é, basicamente, o foco do mal. Já lhes explico. Na primeira história, todo o mal era somente os zumbis mas já na segunda história, além dos zumbis metendo o terror, temos saqueadores, estupradores e etc. apavorando todo mundo. São duas coisas pra você sentir medo. É bem nítido e bem real essa abordagem no livro porque mesmo numa catástrofe ou numa situação de emergência como essa, o ser humano consegue ser pior do que qualquer coisa.

Não consegui me apegar a nenhum personagem ou ao menos simpatizar com algum mas isso não me atrapalhou a gostar da obra. Não virou meu livro favorito mas dou 5 estrelas pelo belíssima trabalho no geral, tanto da história quanto do livro em si.
Afora algumas repetições de informações que me incomodaram um pouco, tudo no livro foi bom pra mim, com os dois finais me surpreendendo.
Foi meu primeiro livro da Darkside e gostaria de deixar aqui meu apresso pelo capricho deles, a edição é extremamente linda!


6 comentários:

  1. Nath!
    Os livros da DarkSide tem saído maravilhosos mesmo.
    Já assisti o filme, embora ainda não tenha lido o livro.
    Gosto dos zumbis sanguinolentos...
    “Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.”(Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Oi Nath!!!!

    Ai que inveja danada de vc! kkkk eu tenho o livro mas ainda não consegui lê-lo!
    Adorei sua resenha, espero gostar dele tanto quanto vc!

    Bjo^^

    ResponderExcluir
  3. Olá, Nath.
    Ainda não tenho o livro, mas está na minha lista de próximas aquisições.
    Achei interessante o autor abordar esses problemas de caráter tipicamente humanos em meio ao apocalipse zumbi. Nada está tão ruim que um humano idiota não possa piorar. rs
    Espero gostar do livro tanto quanto você.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nath!!
    Ai, nem fala, já tô com saudade desse lindo na minha estante! hahaha
    Eu fiquei com mil vezes mais medo do que as pessoas iriam fazer do que dos zumbis. Fiquei revoltada com as mortes, como já te disse. Umas foram por pura burrice.
    Ótima resenha! Abraço, linda!

    ResponderExcluir
  5. Não gosto muito desse gênero, mas o livro pareceu bem aterrorizante.Quem sabe um dia!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nath!
    Essa é a primeira adaptação de filme para livro que eu ouço falar, acredita? Não sabia que existia O.o
    Livros que tratam o medo, tenho uma relação de amor e ódio com eles... Será?
    Ah, e eu adorei o quote que você selecionou!
    Beijo.

    Está rolando sorteio lá no blog, vem participar -> Choque Literário

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)