28/06/2015

Resenha: Golfinhos e Tubarões: O outro mundo - Tais Cortez

Título: Golfinhos e Tubarões
Subtítulo: O Outro Mundo
Autor: Tais Cortez
Editora: Chiado Editora
Ano: 2013
Páginas: 419
Compre: aqui
Sinopse: Aos cinco anos, Victoria foi adotada por Ana, presidente de uma indústria de cosméticos, e Greg, um bem-sucedido advogado. Ela não entende por que não se lembra dos verdadeiros pais e não acredita na suposta causa da morte deles.
Ao completar quinze anos, estranhas mudanças começam a acontecer. Seus cabelos ruivos escurecem, ela se torna cada vez mais forte e rápida, seus sentidos ficam aguçados e alguns dos seus sonhos passam a ser premonições.
Após a visita de um casal peculiar, ela é levada para um mundo desconhecido e único, onde terá que aprender a controlar suas habilidades, frequentando aulas diferentes de tudo o que já viu.
Lá ela conhece Alex. A atração entre os dois é imediata, mas ele se recusa a se aproximar de Victoria e de qualquer outro aluno. Ainda assim, o destino se encarrega de uni-los e Alex passa a protegê-la e ajudá-la.
O que Victoria não sabe é que ele esconde um segredo que mudará sua vida, e que o passado pode estar mais perto do que eles imaginam...


Essa resenha vai ser difícil viu, to sofrendo aqui pensando no que escrever rs

Bom, como já diz na sinopse, Vistoria foi adotada pelo casal Ana e Greg, que diga-se de passagem são muito bem de via mas não dão o amor e carinho necessários para sua nova filha. Vistoria cresce e quando completa 15 anos seu corpo começa a mudar drasticamente, a começar pelo seu cabelo que de ruivo passa para preto; sua força e velocidade aumentam consideravelmente enquanto seus sentidos ficam mais aguçados. Três anos depois, quando Victoria já está com 18 anos, sua mente muda também, causando um grave acidente com seus pais. É nesse momento desesperador que Lisa e Vitor aparecem oferecendo a ajuda que Victoria precisa: aprender a controlar seus poderes. 
Victoria vai com eles para Aprendum, uma escola onde pessoas como eles - humanos com poderes - vão para aprender a controlar e desenvolver suas habilidades. Lá, Victoria começa a entender mais sobre o que é, de onde veio e o que fazer. Descobre, em partes, quem eram seus verdadeiros pais, faz amizades maravilhosas e conhece um novo amor, Alex. 
Victoria vai enfrentar desafios, pessoas, segredos e mentiras, tudo para ficar com quem ela realmente ama e descobrir suas origens, 


[...]"Nós não sabemos por que existem tubarões e golfinhos, se já existem peixes. Não é uma questão de entender por que existimos, mas de saber existir sendo o que somos."


Vocês já devem ter percebido como meus resumos da história são sempre curtos né? Nesse caso, quis falar o menos possível ainda mais porque o bom desse livro é você ir descobrindo as coisas junto com a Victória e o fato de ser escrito em 1° pessoa ajuda muito nisso, pois conhecemos a Vic afundo, entendendo tudo que se passa na cabeça dela.
Esse é meu segundo livro da Tais e posso afirmar que continuo fã da autora, sua escrita é maravilhosa! Mesmo o livro sendo consideravelmente grosso, a leitura é muito gostosa e flui de uma maneira muito boa. 

Vi várias pessoas falando que esse livro é uma mistura de Harry Potter + X-Men + Crepúsculo e eu concordo mas não pense que isso é ruim, muito pelo contrário! A gente encontra sim elementos já conhecidos, mas me digam que história hoje em dia que não nos faz lembrar de outra? 
Todos os personagens do livro são muito legais, fiquei encantada com todos os amigos (destaco aqui Penny, Ben, Verônica e Ana) que Vic conheceu na escola. Os professores também são muito bacanas, principalmente a Lisa que é um amor de pessoa. <3
Infelizmente eu só fui simpatizar com a Victória no finalzinho do livro e o motivo disso foi em suma, a sua paixão (vulgo obsessão) pelo Alex. O romance dos dois foi uma coisa que demorou muito pra me convencer pois era extremamente meloso e aconteceu muito, muito rápido. Da parte do Alex foi muito fácil compreender seus medos e a origem do amor que ele sente pela Victória. O Alex aliás foi um dos meus personagens preferidos, gostei muito dos conflitos internos que ele tem por ser um meio vampiro. Mas a Victoria, bem, na maior parte do livro ela não conseguiu me fazer acreditar nos seus sentimentos e tudo não passava de uma obsessão bem chata pra mim. Maaaaaas, lá pro final do livro quando ela conseguiu ganhar minha simpatia automaticamente me fez acreditar no seu amor ;)
Outra coisa que eu desgostei na personagem e na narração foi a repetição de cenas. A todo momento ela relembrava uma cena que já tinha acontecido no livro e que estava extremamente fresca na minha mente, fazendo com que a leitura se tornasse um pouquinho chata pra mim mas lá pro meio do livro isso diminui e eu prossegui bem. 
Eu gostaria que o vilão e as cenas de luta tivessem sido um pouquinho mais trabalhadas também, acho que ele não ganhou tanto destaque assim :( mas foi um bom vilão.
Gostaria de dizer que depois de passado tudo isso, o romance entre a Vic e o Alex é lindo e eu gosto da personagem rs. 

Contra a minha vontade, minha vida tinha mudado. E eu estava convicta de que nunca mais seria a mesma.

Zápia é um novo mundo belíssimo que eu adorei conhecer e fiquei morrendo de vontade de visitar e ter poderes. Aprendum que me aguarde. 
Ah, não posso deixar de mencionar que a Tais conseguiu me emocionar mais uma vez. Mesmo eu tendo teorizado qual era o grande segredo do Alex, no momento da revelação foi impossível não me sensibilizar por ambas as partes.
Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo em suma é um ótimo livro e eu não vejo a hora de ter o próximo volume em mãos. 

*Livro lido através de um booktour*








12 comentários:

  1. Oi Nath!
    Td bem com vc?
    Eu quero muito ler este livro, a Geeh participou do BT dele tbm e disse quase as mesmas palavras que vc. Claro que fiquei curiosa, e pretendo sim lê-lo um dia!

    Ótima resenha como sempre!
    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oiii, Nathalia
    Obrigada pela resenha!
    Fico feliz q tenha gostado e q, no fim, a Vic a tenha conquistado!
    Tb gostei de saber q ficou emocionada com o segredo do Alex e adorei seu comentário sobre minha escrita! rss
    Bjsss
    e sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem? fiquei impressionada com o tanto que li sobre o livro apenas pela resenha já consegue imaginar como tudo acontece de magico no livro daria um bom filme eu acho rsrrsrs mais parabéns ficou muito boa a resenha muito bem elaborada.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nath!
    Que bom que esse livro continua a escrita ótima da autora, e fiquei bem curiosa pra conhecer Aprendum.
    Amei a resenha! Bjo <3

    ResponderExcluir
  5. Olá, Nath. Tudo bem?
    Eu li a obra e gostei bastante, principalmente porque me lembrou um pouco de X-Men, algo que eu gosto. haha
    O mundo criado pela autora é excelente e talvez tenha faltado um pouco mesmo de foco no vilão, mas isso não tira a ótima qualidade da obra.
    Excelente resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  6. Particularmente, adoro "Harry Potter" e "X-Men", mas não sou fã de "Crepúsculo" (até porque nem li ainda. kkkk). Gosto quando os autores usam muito dessas duas obras, mas desde que ele dê sua identidade a na história. Pelo que li na resenha, a autora conseguiu fazer isso. As únicas coisas que não me agradam tanto são essas repetições de cenas e os romances que os autores inserem em livros desse gênero. Mas é só abstrair essa partes e seguir em frente.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  7. Estou lendo esse livro, e acho que peguei spoiller. Enfim, conhecer esse livro ta sendo um grande prazer, a autora soube criar o seu mundo e seus personagens ...além do fato de ter uma escrita super gostosa. Bem, agora deixa eu voltar para a leitura, beijooooooos
    http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nat!
    Se a autora teve a capacidade de utilizar várias outras obras famosas e criar sua própria, prova que tem criatividade de sobra para transformar o que já é bom.
    Achei apenas que tem personagens demais, não é não?
    Gostaria de conhecer a escrita da autora, nunca li nada dela.
    Semaninha de luz e paz!
    “Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, fiquei com muita vontade de ler esse livro!!
    Parece uma distopia né? Mistura de Harry Potter com X-men hahahaah, já quero ler por conta disso.
    Fiquei muito curiosa!!!

    ResponderExcluir
  10. Se o livro é pra ser uma mistura de Harry Potter + X-Men + Crepúsculo ele deve ser bom não é?! é legal conseguir identificar os elementos e referencias de uma obra em outra

    ResponderExcluir
  11. Nath acho que essa é a segunda resenha que leio do livro e primeiramente gostaria de parabenizar pela sinceridade, devido a outra opinião que li imaginava uma história completamente diferente. Bom, é óbvio que você gostou da história, mas acho que não funcionaria para mim, essa "repetição" das cenas não iria me agradar nem um pouco, contudo aprece ser uma boa história. E concordo com você, acho que essa coisa de ler e se lembrar de outra história está ligado a inspiração :)

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro ainda mas fiquei bem curiosa para ler. No inicio da leitura da resenha também pensei que parecia com X Man, kkkk. Mas nada de mal nisso.
    Que chato esse negócio de relembrar cenas, nada a ver num livro, só pra tornar um pouco massante.

    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)