18/05/2015

Resenha: A Batalha dos Mortos - Rodrigo de Oliveira

Título: A Batalha dos Mortos
Autor: Rodrigo de Oliveira
Ano: 2014
Editora: Faro Editorial
Páginas: 310

Sinopse: Ano 2018. À passagem de um planeta próximo da órbita da Terra, o que era para ser um dia de festa...
Pessoas do mundo inteiro prepararam-se para um espetáculo astronômico mas o evento se transforma num pesadelo. Um dia após à maior aproximação do planeta, um imenso calor sobrevêm e 2/3 de todas as pessoas do mundo transformam-se em zumbis.
Em São José dos Campos, um grupo cria um centro de refugiados para milhares de pessoas... eles reuniram condições de sobrevivência com água, alimentos e criaram uma grande fortaleza. Agora dedicam-se a encontrar outros focos de resistência e ajudar peregrinos do grande apocalipse. Eles não sabem, mas essa pode ser a maior comunidade de vivos na face da terra.
No entanto, próximo a eles, uma outra resistência - perversa e potente -, também cresce. Um grande Comando do Exército é tomado por criminosos do presidio de segurança máxima de Taubaté. Eles resistiram aos zumbis, escravizaram outros humanos e, fortemente armados, se tornam uma ameaça letal à comunidade vizinha.
Uma batalha está para acontecer. Um cerco para salvar vidas. E em meio a isso, inúmeras histórias de pessoas vivendo em situações-limite, muito além da sua imaginação.




A Batalha dos Mortos é o segundo volume da série As Crônicas dos Mortos. Leia a resenha do primeiro volume, O Vale dos Mortos aqui.  
Evito spoilers, mas posso me referir a coisas que aconteceram no livro anterior. Tenha isso em mente na hora de ler.

A história praticamente continua de onde O Vale dos Mortos parou mas num primeiro momento temos um foco em outros personagens. Em A Batalha dos Mortos somos apresentados a Isabel, uma mulher que perdeu o marido para o apocalipse e agora está sozinha no mundo, já que sua irmã está a quilômetros de distância. Com toda a correria e desespero, Isabel acaba indo parar no Comando do Exército da cidade, onde presidiários tomaram o lugar e mantem pessoas praticamente presas, trabalhando para eles em troca de um lugar protegido dos zumbis para sobreviver. Esses criminosos são verdadeiros crápulas que só pioram na presente situação. Isabel sofre muito, mas consegue encontrar o amor novamente nos braços de um dos presidiários, que apesar de bandido é um bom homem. Um dia, cansados da situação horrível em que vivem, Isabel e mais algumas pessoas decidem fugir. Depois de muitos problemas Isabel consegue escapar e consegue contato com Ivan e Estela, que agora são os comandantes de um enorme centro de refugiados, onde eles abrigam todas as pessoas que podem salvar. Agora eles tem todos os aparatos militares possíveis, e não vão deixar barato para esses bandidos que mantém tantas pessoas sobre seu domínio. 

Se o primeiro livro já era eletrizante o segundo é mais ainda gente! O Rodrigo não perdeu a mão e continuo com a história no mesmo nível alto. A história continua nos prendendo e surpreendendo totalmente. 

Isabel é uma mulher totalmente forte, mesmo que não demonstre isso num primeiro momento. E mais, ela tem dons! Sim, dons sabe, mover objetos, ler mentes, essas coisas que vocês imaginam. E cara, não bastava só o apocalipse zumbi, o Rodrigo inovou totalmente trazendo irmãs com esses poderes - sim, a irmã dela também é especial. E tudo isso que eu acabei de falar, alguém pode considerar como spoiler mas gente, eu não consigo me calar, desculpa.

Há um tremendo amadurecimento dos personagens do primeiro livro, eles estão muito mais centrados em sua missão, estão muito mais determinados a tentar ter uma vida normal apesar de tudo. 
Ivan e Estela se tornaram excelentes comandantes, como se fossem do exército desde a infância; eles me impressionaram totalmente. E as divergências entre suas opiniões é uma coisa fantástica na história pra mim porque mostra dois lados, dois pensamentos, dois modos de agir. Os dois são bem racionais mas a Estela é bem mais emotiva ao meu ver, ou pelo menos, ela tenta sempre achar uma maneira que não diminua a humanidade dentro deles, diferentemente de Ivan, que pensa de cabeça quente e já faz. O mais legal é que eles sempre pensam no bem dos outros primeiro, só se arriscam pelo bem da maioria. 

A batalha aqui não é especificamente contra os zumbis, eles sempre rondam o ambiente é claro, mas aqui temos uma batalha contra pessoas. Afinal de contas, nem num apocalipse zumbi as pessoas deixam de ser ruins. 

A escrita do Rodrigo continua eletrizante e te fazendo querer mais e mais. O final desse livro me deixou totalmente de boca aberta, desesperada pelo terceiro livro logo, GENTEN, esse final <3

Na outra resenha acabei esquecendo de comentar quanto ao trabalho da editora. Pois bem, a Faro a-r-r-a-s-o-u na edição desses livros. As folhas são grossas e amareladas, letras grandes, detalhes e essas capas que são lindaaaaas. E não há erros o que é melhor ainda.

De novo, fãs de zumbi, leiam. Não fãs, leiam também. Todo mundo leia logo!


5 comentários:

  1. Olá, Nath.
    Acho que eu não preciso dizer o que achei desse livro, né? Você viu meu comentário a orelha do livro.
    Rodrigo é simplesmente genial. Ele conseguiu criar uma trama aterrorizante, valendo-se de alguns clichês dos livros de zumbi e trazendo outros pontos completamente novos.
    Sou apaixonado por essa série, sem mais.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Que ótimo saber que esse segundo livro continua eletrizante e com bons personagens!
    As capas são mesmo lindas demais, eu amei!!!
    Eu como fã de zumbi não poderia perder essa série!
    Ótima resenha! Abraços, Nath!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nath!

    Eu amo essa série! Já falei isso neh? kkkkkkk Pois bem, repito: AMOOOOOO demais! kkkk
    Adorei sua resenha, e quero logo ler a sua resenha de A Senhora dos Mortos, depois do surto no face, quero ver sua reação na resenha! u.u kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Oh Meu Deus com certeza não posso deixar de ler essa serie de livros, a cada resenha que voce faz sobre esses livro mais vontade eu tenho. Acho leglal que a personagem é forte, tenho toda a certeza de que irei gostar

    ResponderExcluir
  5. A cada resenha sobre a série eu fico mais curiosa sobre a história. Quero logo começar a ler!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, volte sempre! :)